EGAP Pesquisadores responsáveis: Melina Platas Izama, Pia Raffler
Local: Uganda

Registration: 20150820AA

Datas de intervenção: maio 2015 – fevereiro 2016 (Eleições primárias, verão 2015; eleições gerais, fevereiro 2016)

Contexto: ¿Qual é o efeito da informação sobre o comportamento político? Este experimento de campo, realizado na Uganda durante as eleições primárias de 2015, e as gerais de 2016, vai avaliar sistematicamente as condições em que as informações sobre os candidatos e o desempenho do governo afeta o comportamento dos eleitores. Examinamos dois métodos diferentes de fornecimento de informações: um consistiu em sessões de debate "Conheça os candidatos" com folhas de pontuação. "Conheça os candidatos" incluem sessões gravadas em vídeo com declarações dos candidatos sobre um conjunto de questões relacionadas com as suas preferências nas políticas. Estas sessões serão exibidas publicamente num conjunto de mesas de voto, e de maneira privada em outro conjunto de mesas de voto. As sessões terão lugar em eleições internas dos partidos políticos, e em eleições entre partidos, nas eleições primárias do partido no poder do 2015, e nas eleições gerais do 2016. Assim, vamos examinar sistematicamente dois fatores que segundo nossa hipótese afetará o efeito da informação sobre o comportamento do eleitor: o ambiente político e o fornecimento de informação pública vs. privada.

Desenho de pesquisa: A linha de tratamento comum faz uso de folhas de pontuação: a informação das auditorias do governo local e do fornecimento de serviços serão entregues na mão dos indivíduos durante pesquisas. A linha de tratamento alternativo consiste em exibições públicas e privadas de "Conheça os candidatos" e em questionários nas eleições primárias e gerais, e avalia o papel da informação pública no efeito das atitudes e comportamento dos eleitores. A realização de dois tipos de exibições das sessões de debate - públicas e privadas - vai iluminar o papel da informação pública nas atitudes e comportamento dos eleitores.

Hipóteses:
  • A informação política (exposição dos debates) aumentará a) conhecimento político, b) a participação de votantes, c) votos para o candidato que é percebido com melhor desempenho na sessão "Conheça os Candidatos".
  • A Informação política (exposição dos debates) terá um efeito maior de votos para o vencedor, o número de eleitores, e o conhecimento político num ambiente intra e interpartidário.
  • Um candidato que executa mal na sessão "Conheça os Candidatos", (em comparação com as expectativas de espectador) vai reduzir a participação de votantes num ambiente interpartidário em maior medida do que num ambiente intrapartidário.
  • Num ambiente altamente polarizado, os apoiantes do candidato com menor desempenho na sessão mudaram o seu voto a outro candidato no ambiente intrapartidário, mas não num ambiente interpartidário e será menos provável a votar no segundo caso.
  • O efeito de informação política fornecida num ambiente grupal terá um efeito maior no comportamento eleitoral do que a informação fornecida num ambiente individual. Ou seja, o apoio (voto potencial) para o candidato com o melhor desempenho percebido na sessão será maior no grupo do que individualmente.
  • Haverá menor apoio para o titular ou para o partido do titular em exercício em distritos eleitorais onde os resultados das folhas de pontuação sejam menores ao média do desempenho; enquanto o apoio para o titular ou o partido do titular será maior onde os resultados da auditoria das folhas de pontuação estejam acima do média de desempenho eleitoral.