EGAP Pesquisadores responsáveis: Claire Adida, Jessica Gottlieb, Eric Kramon, Gwyneth McClendon
Local: Benin

Registration: 20150308AA

Datas de intervenção: fevereiro – março 2015 (Eleições da assembleia nacional, março 31, 2015)

Contexto: Este projeto oferece aos cidadãos em Benin informações sobre o desempenho do legislador, variando (1) a relevância do bem-estar dos eleitores nas informações, e (2) se a informação do desempenho é divulgada de maneira privada ou em grupos.

Desenho de pesquisa: Uma amostra aleatória de cidadãos receberá informações sobre o desempenho do legislador como parte duma exibição privada, e outra amostra aleatória receberá como parte de uma exibição pública. Além disso, uma amostra aleatória de cidadãos receberá uma "mensagem de civismo", na qual se vão fornecer argumentos e exemplos são fornecidos sobre as implicações importantes da legislação nacional e de supervisão para o bem-estar dos cidadãos, além de informações sobre o desempenho do legislador nacional; o resto vai receberá apenas a informação do desempenho do legislador. Nas aldeias de controle, nenhuma informação será divulgada de maneira pública nem privada. O comportamento eleitoral dos entrevistados em diferentes condições de tratamento será comparado com o comportamento eleitoral dos entrevistados em aldeias de controle.

Hipóteses:
  • Num contexto onde os eleitores têm pouco acesso à informação atribuível sobre os legisladores nacionais, proporcionar informações de desempenho vai afetar a escolha do voto ao nível individual e depois como voto compartido a nível coletivo na aldeia.
  • Fornecer argumentos explícitos sobre o valor de desempenho político para o bem-estar dos eleitores, vai ampliar o efeito da prestação de informações no comportamento do eleitor.
  • Ao aumentar a crença de que os outros vão votar com base numa dimensão de desempenho, o fornecimento de informações públicas terá maior impacto sobre o comportamento do eleitor do que a prestação de informações privadas pela facilitação da coordenação.
  • O conhecimento comum deveria produzir um impacto marginal maior no tratamento da mensagem cívica, em relação ao tratamento em que maneira em que as informações de desempenho são fornecidas.